6 erros no atendimento que devem ser evitados em sua clínica!

As consultas médicas são situações vivenciadas constantemente e devem representar uma experiência positiva para o paciente. Ao procurar por ajuda, a pessoa espera receber uma assistência de qualidade — o que pode acabar em frustração, devido a erros de atendimento.
É importante frisar que a experiência do paciente não se limita ao momento da consulta, mas abrange todas as situações vividas desde o agendamento até o pós-atendimento, seja na realização da conduta indicada por parte do médico, seja na manutenção do vínculo com a clínica.
Pensando nisso, preparamos algumas dicas para assegurar a satisfação do paciente com o serviço recebido na clínica, minimizando os erros no atendimento e, consequentemente, melhorando a experiência dos pacientes. Confira!

A experiência do paciente e sua importância

Quando falamos de saúde, é preciso ter em mente que estamos lidando com um assunto delicado, que pode promover tranquilidade ou ser uma razão de medo por parte do paciente. Assim, é fundamental oferecer um atendimento humanizado, capaz de suprir as necessidades daquela pessoa, prezando sempre pela assistência de qualidade e garantia de satisfação.
Além de beneficiar o paciente agindo dessa forma, a clínica consegue assegurar a fidelização de seus usuários. Ou seja, mantém o fluxo de pacientes em evolução positiva pelo simples fato de aprimorar a qualidade do serviço oferecido.
Por outro lado, quando submete os usuários a situações desagradáveis, a tendência é diminuir o número de pessoas que buscam por atendimento na clínica, seja pela perda de indivíduos previamente fidelizados ou pela redução do número de indicações.
Para o paciente, receber um tratamento digno é o mínimo que ele deseja ao procurar por auxílio médico. Existem, de fato, diferentes questões que precisam ser contempladas para garantir a assistência íntegra e, assim, evitar erros no atendimento.
Veja, a seguir, 6 erros que devem ser evitados a fim de aumentar a excelência da clínica em seus serviços.

Erros no atendimento a serem evitados

Agora que você já sabe a importância de assegurar a melhor experiência possível para quem busca o atendimento médico, levantaremos alguns tópicos que devem ser evitados para cumprir melhorar a satisfação dos pacientes. Confira!

1. Ignorar as necessidades dos pacientes

Na área da saúde, é essencial considerar as particularidades de cada paciente que procura por tratamento. Para definição da melhor conduta, é preciso saber qual é o contexto biológico e psicossocial vinculado àquela pessoa.
Assim, não devem ser desprezadas informações-chave, como a história pregressa de patologias ou dados que dizem acerca de alergia a determinadas substâncias. A desatenção com esses tópicos pode ser extremamente prejudicial ao paciente.
Além disso, não devem ser ignorados os hábitos de vida e sociais. Ao indicar apenas um tipo de tratamento oneroso, por exemplo, e o paciente não apresentar condições de arcar com os gastos, com certeza a satisfação será reduzida, visto que, em muitos casos, há diferentes formas de conduta, incluindo as mais acessíveis.

2. Deixar os pacientes esperando por muito tempo

Uma das queixas mais apresentadas pelos pacientes é a demora no atendimento médico. Mantê-los na sala de espera por longo período figura um desrespeito às suas necessidades, visto que podem ter outros compromissos, marcados para o dia.
Além disso, deixar o paciente esperando representa, sem dúvidas, uma falta de organização por parte da clínica ao controlar os agendamentos. É preciso, então, separar os horários de maneira mais organizada a fim de evitar esse tipo de transtorno.

3. Errar o agendamento da consulta

Seguindo na linha de pensamento dos erros que permeiam o agendamento, falaremos, agora, sobre o processo de marcação das consultas em si. É fundamental para a clínica realizá-la de maneira eficiente, visto que representa a porta de entrada do paciente na clínica.
Caso seja feito de maneira ineficiente, com falhas e brechas, toda experiência posterior poderá ser influenciada pela primeira impressão negativa. Portanto, adote medidas que aperfeiçoem o agendamento de consultas.
Além de melhorar o ato em si, busque por ações que complementem a marcação da consulta, como permitir sua realização online ou enviar lembretes, a fim de evitar o não-comparecimento do paciente, ação muito prejudicial para seu negócio.

4. Interromper a consulta

A relação estabelecida entre médico e paciente é essencial para a qualidade da assistência prestada. Ela deve ser baseada na confiança e na proteção dos dados, fundamentando o vínculo entre os envolvidos.
Ao sentir que sua integridade não foi preservada, o paciente tende a ficar mais insatisfeito com a consulta. Interromper o atendimento figura como uma das maneiras de exposição do usuário e violação da proteção desejada.
Complementando, no momento da interrupção o foco deixa de ser o paciente, agente central daquela consulta. Assim, pode prevalecer a ideia de que sua saúde não representa o assunto mais importante naquele instante.

5. Descaso e mau atendimento

A equipe do local também deve estar bem preparada para receber os usuários. É fundamental manter a cordialidade e o domínio acerca dos processos internos, a fim de manter a precisão e a eficiência na passagem de informações.
Além disso, os gestores da clínica devem estar atentos para promovem treinamentos periódicos e especializados, com o objetivo de aperfeiçoar as atitudes dos colaboradores no tratamento dado aos pacientes.
Por fim, os diferentes setores devem estar alinhados e integrados, funcionando como uma unidade única e bem organizada para evitar lacunas durante a experiência do usuário.

6. Falta de higienização

O último aspecto abordado é a higienização do local. É de extrema importância manter as dependências da clínica com a limpeza em dia, pois, além de manter o ambiente agradável, contempla com exigências de biossegurança.
Para tanto, a equipe responsável por manter o local limpo deve sempre verificar os banheiros, a recepção e o próprio consultório de atendimento. Um ambiente limpo evita a proliferação de animais, como ratos e baratas, impedindo, ainda, a disseminação de doenças provocadas por microrganismos.
Neste artigo, levantamos os principais erros no atendimento que prejudicam a experiência do paciente e a imagem da clínica. É essencial que o estabelecimento esteja atento aos fatores citados acima, buscando sempre analisar seu desempenho por meio de feedbacks e evoluindo nas questões carentes de melhorias.
Gostou do conteúdo? Curta nossa página e não perca outras dicas para manter sua clínica sempre em evolução.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Conteúdo do texto

Artigos

Outros Artigos