Equipe de radiologia: 4 dicas para aliviar o Burnout e PTSD

Em função da carga horária excessiva, horários desregulados e cansaço, a equipe de radiologia pode estar cada vez mais exposta a altos níveis de eventos estressantes e acabar expressando resultados negativos substanciais de saúde mental e desempenho, incluindo sintomas relacionados ao estresse e sintomas de depressão, ansiedade e insônia.
Você, gestor da saúde, ainda não sabe quais medidas tomar para evitar esse tipo de problema e garantir a saúde dos seus colaboradores? Então, siga o texto que preparamos para você e saiba mais!

Dicas para aliviar o Burnout e PTSD na equipe de radiologia

A Síndrome de Burnout, também conhecida como síndrome do esgotamento profissional, é um distúrbio psíquico causado por uma exaustão prolongada que resulta na diminuição do interesse em trabalhar. 
O distúrbio se manifesta quando as atividades ligadas ao trabalho se transformam em estresse e nervosismo intensos e crônicos.
Já o PTSD (Post-traumatic stress disorder) é a sigla em inglês para estresse pós-traumático. A condição é caracterizada como um distúrbio de ansiedade e que envolve uma série de sintomas e sinais que podem ser diferentes de acordo com o indivíduo.
Depois de sofrer um determinado acontecimento, como um período extremamente estressante, por exemplo, o médico radiologista com PTSD apresenta o que é chamado de revivescência. Ele entra em um quadro onde fica preso nas mesmas sensações físicas e emocionais, angústias e medos que marcaram aquele período.
Para ajudar você a gerenciar sua equipe e evitar problemas e distúrbios como estes, preparamos 4 dicas que podem ser implementadas o quanto antes.

1. Educação e tratamento

Promova o acesso da sua equipe de radiologia ao tratamento e à educação sobre o Burnout, PTSD e Transtorno de Estresse Agudo. 
Isso pode acontecer, por exemplo, por meio de encontros e palestras com especialistas, assim é possível aumentar a conscientização entre os funcionários, intervir precocemente e reforçar a união entre a equipe.
O ideal é  discutir os resultados e os desafios do trabalho cotidiano para reduzir o estigma da saúde mental.

2. Evite a rotina de fazer horas extras

Essa dica também é válida para você, gestor. Sabemos que lidar com a saúde é um grande desafio e, muitas vezes, é necessário permanecer no local de trabalho para efetivar tarefas importantes. 
No entanto, esse tipo de demanda não pode se tornar uma rotina, uma vez que o acúmulo de horas de trabalho pode resultar em estresse excessivo e  Síndrome de Burnout entre os funcionários.
O ideal é manter a rotina de trabalho dentro das horas estabelecidas e evitar também, levar trabalho para casa.

3. Mantenha a comunicação aberta

Você pode manter as linhas abertas de comunicação entre a gerência e a equipe. Isso pode ajudar a promover uma sensação de segurança e estabilidade entre os colaboradores, podendo aumentar a produtividade e o senso de camaradagem no ambiente de trabalho.
É importante também, valorizar o trabalho da sua equipe de radiologia. Reconheça o desempenho de cada integrante, ressaltando suas qualidades. O reconhecimento ajuda a exercer funções com mais dedicação e empenho.

4. Ouça o feedback da equipe

Por último, mas não menos importante, coletar o feedback da equipe de radiologia e os demais colaboradores pode ajudar a aumentar o engajamento e a melhorar estratégias, evitando o esgotamento por trabalhos em horários excessivos ou horas extras fora da agenda. Assim, é possível ter maior controle e estabelecer maior flexibilidade entre a equipe.
Não esqueça: é necessário estabelecer metas viáveis para evitar grandes desgastes e pressão demasiada.
Aquela velha estrutura organizacional pautada na cobrança excessiva e desumana é uma fábrica de produzir doenças, entre elas a Síndrome de Burnout nas empresas.

Como a Teleimagem pode ajudar?

O excesso de trabalho e horas pode resultar em diversos pontos negativos, além de afetar diretamente a saúde do colaborador, acaba acarretando problemas como atrasos e erros nos exames.
Segundo uma pesquisa publicada no site da Radiology Business, os médicos radiologistas que trabalham até tarde durante a noite cometem significativamente mais erros do que seus colegas do turno diurno.
Isso pode ocorrer em função da fadiga, esgotamento, carga de trabalho excessiva e horários desalinhados. Segundos os dados, os erros aumentam na segunda metade do turno da noite a uma taxa cerca de 3,7% dos casos em comparação com 2,5% durante a parte anterior.
Esse tipo de problema pode ser evitado por meio da telerradiologia e a emissão de exames a distância. 
A Teleimagem proporciona uma equipe de subespecialistas qualificada para a realização de laudos a distância, 24 horas, 7 dias por semana, incluindo feriados. O atendimento funciona sem interrupções a qualquer hora do dia ou da noite, com garantia de precisão, rapidez e segurança. 
Assim, você não sobrecarrega os colaboradores e ainda conta com serviços de qualidade, pondo fim a taxa de erros não só no período da noite, mas também durante o dia, mantendo a saúde da equipe de radiologia em dia.
Ficou interessado nos serviços de telerradiologia e está pronto para dar o próximo passo? Conte conosco! A Teleimagem oferece há mais de 15 anos os melhores, mais avançados e assertivos serviços de laudo a distância.
Trabalhamos com exames de urgência, eletivos, especialidades e subespecialidades como neurorradiologia, musculoesquelético, cardiologia, medicina interna e ressonância da mama.
Qualidade, confiança e precisão são as marcas do nosso trabalho. 
Entre em contato pelo fixo ou WhatsApp: (011) 4063-6150 ou solicite contato através do nosso formulário do site clicando abaixo.
Solicite um orcamento Teleimagem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Conteúdo do texto

Artigos

Outros Artigos