Laudo de ressonância magnética da pelve a distância

laudo de ressonância magnética da pelve

O laudo de ressonância magnética da pelve é indicado principalmente para a investigação de doenças ou disfunções ginecológicas. 

 

Por se tratar de um exame extremamente específico, precisa de um olhar minucioso do médico radiologista responsável. Mas com a rotina corrida, nem sempre o radiologista consegue dedicar o tempo necessário para avaliação, além de que, nem sempre o responsável será um especialista em ginecologia. 

 

Como lidar com esses impasses na rotina de uma clínica de imagem? A seguir te explicamos não só isso, mas também tudo que precisa saber sobre laudo de ressonância magnética da pelve.

Laudo de ressonância magnética da pelve

 

A pelve é a região que se localiza entre os quadris, mais especificamente, do umbigo à sínfise púbica. Nos casos em que a ressonância magnética da pelve é indicada, busca-se avaliar com precisão toda a região: desde os ossos e músculos importantes, até os órgãos genitais. 

 

Por se tratar de um exame de imagem com alta qualidade, por meio do laudo de ressonância magnética da pelve é possível avaliar e diagnosticar com facilidade lesões ou alterações no órgãos e tecidos, e também tumores. 

 

Entre as mulheres, esse é um exame amplamente utilizado para avaliar bexiga, útero e ovários. Já entre os homens, ele costuma ser mais indicado para a análise de regiões como a próstata e as vesículas seminais. 

 

Vale ressaltar que se trata de um exame sem a emissão de qualquer tipo de radiação e não invasivo, portanto, é seguro para as mulheres grávidas. 

Indicações da ressonância magnética da pelve

 

Um estudo publicado pelo Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, ao classificar os motivos de indicações de ressonância magnética da pelve feminina, identificou que 72% dos exames eram pedidos com objetivo de investigar causas oncológicas, e outros 28% doenças não oncológicas. 

 

A emissão do laudo de ressonância magnética da pelve comumente é indicada para casos não oncológicos quando há investigação para obter o diagnóstico de doenças como endometriose, mioma uterino e cistos no ovário, por exemplo. 

 

Mas esse exame também pode ser importante na investigação de defeitos congênitos, lesões ou traumas na região pélvica. Ajudando também a identificar causas de infertilidade, dificuldades para urinar ou defecar, sangramentos vaginais anormais, entre outros.

 

Já nos casos de investigações oncológicas, o mesmo estudo identificou que os tumores primários mais comuns rastreados pelo laudo de ressonância magnética da pelve foram câncer de ovário, câncer de colo uterino e câncer de endométrio . 

 

Além disso, o laudo de ressonância magnética da pelve é importante após o tratamento do câncer. Ajuda a monitorar a resposta ao tratamento, bem como avaliar se há ou não recidiva. 

Laudo de Ressonância Magnética da pelve com contraste

 

A ressonância magnética da pelve com contraste é um exame realizado em um equipamento que possui ímãs e ondas de rádio. Esse equipamento cria imagens que são enviadas para um computador para a análise da estrutura pélvica. 

 

O contraste é uma substância à base de iodo que vai para a corrente sanguínea e, como o nome sugere, dá mais contraste às imagens. Facilitando assim a identificação de alterações, principalmente na avaliação das estruturas como tumores. 

Como funciona o envio dos laudos online de ressonância magnética da pelve?

 

Para alcançar os melhores resultados com a emissão de laudos online de ressonância magnética da pelve, a Teleimagem disponibiliza a todos os clientes uma consultoria, por meio da qual são repassadas as melhores práticas para otimização de processos. 

 

Entre os processos que podem ser melhorados, está desde a experiência do paciente na máquina, até o correto manuseio dos equipamentos e plataformas utilizadas. 

 

Com o uso do software digital, o laudo de ressonância magnética da pelve é enviado de forma online, ágil e assertiva, da máquina para o computador, e do computador para os sistemas anexados. 

 

Cabe dizer que o software utilizado fica numa nuvem, ou seja, pode ser acessado de qualquer lugar, desde que haja conexão com a internet. Isso facilita o acesso do médico solicitante ao laudo, e dá mais dinamismo para o atendimento do paciente.

 

Todo esse processo é feito de forma segura, uma vez que o sistema é criptografado de ponta a ponta, garantindo que somente as pessoas cadastradas tenham acesso às informações. Assim, os dados e informações dos envolvidos ficam seguras. 

 

Confira a seguir o passo a passo da emissão do laudo de ressonância magnética da pelve da Teleimagem

 

  1. Instalação. Antes de mais nada, é feita a instalação do software. Por meio dele o médico do local consegue enviar as imagens, que chegarão a uma Central de Laudos externa. 
  2. Avaliação. Nessa Central há uma equipe de médicos especialistas que avaliarão e interpretarão as imagens recebidas. Por contar com uma equipe multidisciplinar e completa, o exame frequentemente é avaliado por mais de um profissional, de forma a garantir uma maior assertividade para o laudo de ressonância magnética da pelve. 
  3. Emissão. Após uma análise minuciosa, com revisão da hipótese diagnóstica, o laudo é enviado de forma online, ágil e assertiva. Isso é feito de forma digital, por meio da internet, quando uma informação é enviada para a nuvem e pode ser acessada pelos responsáveis. 
  4. Assistência. O processo não se encerra na entrega do laudo. Todos os médicos envolvidos na emissão do laudo de ressonância magnética da pelve ficam à disposição para esclarecer dúvidas sobre o caso, se elas surgirem.

 

Leia também: Telerradiologia: 6 vantagens de investir em subespecialidades

 

 

Benefícios ao solicitar os laudos de ressonância magnética com a Teleimagem 

 

Além do suporte técnico, existem muitas outras vantagens ao contar com o serviço de emissão de laudos de ressonância magnética da pelve com a Teleimagem.

 

Médicos especialistas

 

Conte com o suporte de uma equipe médica com diversas especialidade na emissão de laudos e também no suporte para revisão de hipóteses diagnósticas. 

 

Os profissionais da Teleimagem são reconhecidos nacional e internacionalmente e estão em constante especialização: além de participarem de eventos como palestrantes e ouvintes, muitos atuam na formação continuada de outros profissionais. 

 

Maior assertividade

 

Contar com o suporte de uma empresa terceirizada de telerradiologia é também ter acesso a diversos profissionais, técnicos e especialistas, que poderão ajudar no processo e na tomada de decisão na hora da emissão do laudo de ressonância magnética da pelve

 

Além dos especialistas, a estrutura é pensada e programada para entregar laudos mais assertivos, de forma ágil e ética. 

 

Segunda opinião em casos complexos

 

Ainda falando sobre assertividade: que radiologista nunca precisou de uma segunda opinião em casos que demandam muita atenção ou estavam fora da sua especialidade? 

 

Com o suporte da Teleimagem, você terá acesso a nosso time de especialistas não só para a emissão de laudos, mas também para a revisão das análises. 

 

Poder trocar informações e conhecimento, com certeza, agregará mais valor para seu trabalho, além de garantir mais segurança para o paciente. 

 

Agilidade 

 

A equipe médica da Teleimagem está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ou seja, você poderá contar com ela mesmo nos dias mais corridos! 

 

Além disso, essa é uma ótima opção para profissionais que precisam tirar férias, folga ou se ausentar temporariamente da clínica, mas sem deixar que isso afete o funcionamento da mesma. 

 

Custo-benefício 

 

Tudo o que citamos anteriormente se resume a um benefício específico: otimização de recursos! 

 

A emissão de laudos a distância, além de entregar mais qualidade e assertividade no diagnóstico, com certeza permitirá obter mais lucro. Isso porque permite que mais pessoas sejam atendidas, mantendo o padrão de qualidade. 

 

Além disso, não haverá a necessidade de manter equipes robustas, uma vez que o serviço terceirizado disponibiliza acesso a diversos profissionais.

 

Segurança 

 

Nenhum desses benefícios citados anteriormente seriam suficientes se não houvesse compromisso com a segurança dos dados e das informações dos envolvidos, não é mesmo? 

 

Por isso,  apesar de todo o envio das imagens ser feito de forma online, o sistema utilizado possui proteção por criptografia de ponta a ponta. 

 

Os softwares implementados possuem mecanismos que impossibilitam o vazamento de dados sigilosos. 

 

 

Conte com a Teleimagem! 

Ficou interessado nos serviços de laudo de ressonância magnética da pelve e está pronto para dar o próximo passo? Conte conosco! 

 

Qualidade, confiança e precisão são as marcas do nosso trabalho. 

 

Entre em contato pelo fixo ou WhatsApp: (011) 4063-6150 ou solicite contato através do nosso formulário do site clicando aqui.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Conteúdo do texto

Artigos

Outros Artigos