Onde a telemedicina está?

A medida que a tecnologia avança, a saúde ganha novos recursos para monitorar pacientes, emitir laudos conclusivos e otimizar o tempo de resultado dos tratamentos. Isto é telemedicina. 

A inclusão dos recursos de telemedicina, já muito fortalecida no mercado americano, vem se expandindo cada vez mais por aqui, e essa é uma tendência mundial, que só seguirá crescendo com o tempo. 

Da mesma forma, os Estados Unidos, a American Telemedicine Association regula a prática e, no Brasil, é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina. 

Desta maneira, em pouco tempo, a integração cada vez maior das plataformas com serviços presenciais vai aumentar a chance de tratar e recuperar pacientes em menos tempo, com precisão técnica conclusiva.

Quer saber mais? Continue lendo… 

Telerradiologia vai ocupar cada vez mais espaço

Um bom exemplo disso são os serviços de plantão 24h de telerradiologia e exames de alta complexidade, comuns em quase todas as empresas e centros de saúde brasileiros. 

Pois, com a terceirização de serviço, a capacidade médica de atendimento se expande de um dia para o outro e, em alguns casos, já é realidade que softwares de atendimento clínico integrem-se aos softwares de empresas de telerradiologia, fazendo com que o recebimento de  laudos fique diretamente ligado ao histórico clínico de cada paciente. 

Portanto, a distância entre o subespecialista e o médico solicitante torna-se nula. E online, toda troca de dados minimiza (muito) a possibilidade de erros humanos comuns do passado, como a troca de exames, por exemplo. 

Mas como escolher a empresa certa? 

  1. O primeiro passo é procurar uma empresa que atenda todas as suas necessidades, desde os exames mais simples à laudos de alta complexidade. Procure ferramentas complementares à sua gestão: treinamento de equipe, fluxo operacional e protocolo de exames.
  2. A empresa fornecedora precisa garantir a segurança e confidencialidade dos dados. Pesquise sobre a regularização e tecnologia empregada.
  3. Outro diferencial que precisa ser considerado é a possibilidade de pedir um vídeo laudo para complementar o diagnóstico, que facilita e fortalece a conduta médica. Assista um exemplo de video laudo: https://youtu.be/CdshGeMrrSY
  4. Atente-se para as modalidades e subespecialidades oferecidas. Quanto maior o leque de opções, mais produtivo e rentável o seu serviço será.
  5. Peça referências e busque marcas com credibilidade no mercado.  

Quer conhecer uma empresa de Laudos a Distância? Clique aqui

Precisa saber mais sobre a evolução da telemedicina no dia a dia? Leia: Cloud Computing: 5 Impactos Dessa Tecnologia Nos Hospitais/Clínicas

Assuntos que podem te interessar